2 de janeiro de 2017

Análise e interpretação das altimetrias

É de suma importância que antes de encarar uma prova de Mountain Bike o atleta analise a altimetria da competição que, por muita das vezes, é disponibilizada pela organização do evento antes da prova.

Mas o que devo analisar na altimetria? Quando falamos de altimetria, devemos considerar vários fatores, tais como:

  1. Cálculo de desnível

Esta informação é valiosa pra saber o que você, ciclista, irá encarar durante a competição. Vamos exemplificar para facilitar o entendimento: em uma prova de 50km que tem até o km 25 de predominância plana e, posteriormente, uma subida com ganho de altitude máxima de 600 metros. Esse valor é chamado de desnível positivo. Continuando na prova, o km 35 apresenta uma descida com uma perda de 400m de altitude. Esse é chamado desnível negativo. Para finalizar, a prova termina em um trecho plano. Dessa forma, conclui-se que o desnível acumulado nessa competição foi de 1000 metros, ou seja, a soma dos valores entre o desnível positivo e o desnível negativo.

[DESNÍVEL NEGATIVO(m)] + [DESNÍVEL POSITIVO(m)] = [DESNÍVEL ACUMULADO(m)]

Ainda dentro do tema “desnível”, temos o ganho acumulado, que é obtido através da soma de todos os desníveis positivos (subidas) da prova, valor com o qual se pode ter uma breve noção de quão duro será o seu desafio.

[DESNÍVEL POSITIVO(m)] + [DESNÍVEL POSITIVO(m)] + […] = [GANHO ACUMULADO(m)]

2. Ritmo

Com base na altimetria, ou seja, conhecendo os pontos de subida e descida e os desníveis da prova, você poderá planejar toda a sua competição, definindo seu ritmo de largada, duração média da prova e, claro, a melhor estratégia sobre quando segurar ou forçar o ritmo durante o desafio. Desta forma, é possível garantir uma prova mais tranquila, segura e agradável.

3. Pontos de suplementação e hidratação

Mais uma informação extremamente importante para seu planejamento! Conhecendo os pontos de hidratação e apoio, você poderá se organizar a respeito do que deverá levar consigo durante a prova, de forma que evite levar peso desnecessário e garantindo, assim, a quantidade certa de alimentação e hidratação para todo o percurso.

Estes são alguns dos fatores chaves que irão auxiliar você no planejamento para os desafios que irá disputar. Tendo em mãos estas informações preciosas, adquiridas através de um estudo detalhado e importantíssimo dos dados de altimetria, irão lhe garantir mais segurança e confiança no dia da prova. Com certeza, isso já é largar com uma roda à frente!

 

Paulo Eduardo Ribeiro

Moove Consultoria Esportiva
(35)84431496

2 de janeiro de 2017 < a href="http://www.twinsadventure.com.br/author/twinsadventure/" title="Visualizar todas as postagens por twinsadventure" rel="author">twinsadventure Destaque, Dicas Desafio dos Rochas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *